sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Vale a pena estudar para o CCNA?



Bom pessoal, hoje vou criar um post um pouco diferente do habitual, na verdade eu estava olhando o meu login  no certification tracking system da Cisco e me deparei com a data em que tirei a minha primeira certificação Cisco o CCNA R&S:


Como vocês podem ver eu tirei o CCNA há cerca de 3 anos e meio e comecei a recordar como era a minha vida naquela época, queria compartilhar um pouquinho de como acabei decidindo tirar a certificação tão desejada pela galera da área de redes então segue meu relato:



Iniciei a minha carreira profissional em 2006 como estágiario da antiga Blockbuster (comprada pela Lojas Americanas) e nesse período quase não tinha contato com informatica, para se ter uma ideia a rede das lojas ainda eram conectadas via cabo coaxial e aqueles terminais em T, após 6 meses de trabalho acabei conhecendo o Fabiano Pereira da Silva (grande mestre) que me aconselhou a fazer uma faculdade na área de T.I e me apresentou o CCNA e as carreiras Cisco (pouco divulgado na época).

 Resolvi iniciar o curso de tecnologia em redes na Uninove aqui da Barra funda e como tudo importante na vida, foi um grande sacrifício conseguir terminar a faculdade (dormia 4 horas por dia), enquanto estava realizando o curso continuei na carreira de varejo (recebi 2 promoções) e estava  sendo reconhecido pelo meu esforço, até o momento que a loja foi assaltada e acabei levando uns tapas dos bandidos (eu era o gerente de turno), então decidi que não queria mais trabalhar em varejo e decidi sair pra tentar algo na área de T.I;

Depois que me desliguei da empresa, lembro que fiz umas 3 ou 4 entrevistas e uma delas me marcou bastante pois o recrutador (Locaweb) praticamente riu da minha cara quando falei que em 5 anos queria ter pelo menos umas 5 certificações diferentes, isso me motivou a começar a estudar por conta própria além do que estudava na faculdade.

Consegui meu primeiro emprego na área de T.I em uma empresa de desenvolvimento e projetos, porém entrei como analista de help desk e prestava suporte a um aplicativo de smartphone e nessa época consegui emprestado o livro CCNA 4.0 (Fabiano mais uma vez) e esse foi o meu primeiro contato real com redes Cisco (li o livro umas 2 vezes) porém não conseguia praticar nada do livro o que complicava o aprendizado, nessa época fui promovido pra analista de suporte e tive a minha primeira oportunidade pra tirar uma certificação na vida (70-680 Windows 7) e acabei bombando na prova (me deixou bem chateado), mas percebi que se fosse pra seguir carreira MS era melhor focar em certificações com mais retorno (MCSA por exemplo).

Em 2011 comecei a trabalhar em uma empresa do ramo de seguros em uma rede pequena porém com equipamentos de ponta (herdados de um banco) e lá, além de ter contato com diversos switches e roteadores, voltei a estudar firme para o CCNA R&S:

- Primeiro li novamente o livro do CCNA 4.1;

-Realizar o curso do professor Adilson Florentino (Netfinders) presencial preparatório para o CCNA 640-
802 que me deu uma base muito boa sobre o que é cobrado no exame;

- Estudei mais ou menos 6 meses para realizar a primeira tentativa, cerca de 2 horas por dia, mas acabei falhando, fiquei muito chateado na época  pois pelo que me lembro tinha tirado 800 e pouco e precisava de 830/1000 pra ser aprovado e tenho certeza que foi no lab de ACL que acabei reprovando (perdi mais de 30 minutos nele e não consegui terminar) porém depois de uma semana na fossa (sem estudar nada) resolvi que iria tirar a bendita certificação nem que fosse na marra.



Como o nervosismo me atrapalhou muito na prova do CCNA, resolvi fazer uma prova mais fácil pra poder pegar um pouco de experiência em testes, então estudei 1 mês o ITIL v3 (li 2 apostilas que um colega me passou e fiz alguns simulados), realizei a prova em Inglês (igual o CCNA) e tirei a certificação até que fácil comparada ao CCNA.

Agora com um pouco mais de experiência, bem mais preparado (realizei muitos labs muitos mesmo) realizei a segunda tentativa que graças a Deus foi bem sucedida, a prova foi praticamente a mesma, consegui uma pontuação de 917/1000, ai começou a guinada na minha vida profissional.

Após conseguir a certificação do CCNA, resolvi estudar para o CCNA Voice já que estava trabalhando muito com Call Manager, Call Manager Express e Unity,  e em cerca de 4 ou 5 meses consegui tirar a prova também,  (prova mais simples que a de R&S, muito mais teórica) nesse meio tempo criei o blog do Café com redes para tentar compartilhar um pouco do que estava passando/estudando com a galera, o que me ajudou a estudar mais e mais pra conseguir trazer um conteúdo de melhor qualidade pra quem acompanha.


Entrei em uma consultoria em 2014 e lá participei de diversos projetos (diversos vendors como Cisco, Extreme, Enterasys, Aruba, HP), e trabalhei com  profissionais muito bons que me ensinaram muita coisa, consegui mais algumas certificações no perído, algumas pessoais e outras pela empresa (RCSA-W, HCNA Sec, CCNP R&S e uma de Hyper-V) e em um desses projetos acabei entrando pro lado cliente que estou hoje.

Hoje cuido de uma rede relativamente grande (+ de 300 Switches, 3 mil APs, 2 DCs, 6 Centro de distribuições, etc.) porém percebo que nesses últimos 3 anos muita coisa mudou ( posso dizer que hoje sou autodidata, tenho um nível bom de tshoot e de resolução de problemas, além da questão salarial) mas o ponta pé inicial continua sendo ter dado um passo a frente e investir no CCNA R&S, hoje estou investindo no CCIE R&S e quero poder ter essa reflexão daqui a alguns anos e ver como valeu a pena o esforço e o sacrifício de várias horas de estudo e aprendizado.

Espero ter ajudado a galera que está começando e que sempre me pergunta se vale a pena ou não estudar principalmente para o CCNA, a resposta será sempre SIM vale muito a pena estudar e SIM vale muito a pena estudar CCNA, pra mim valeu cada centavo investido (inclusive nas provas que não passei) e cada minuto estudando.

Só tenho a agradecer as pessoas que passaram pela minha vida nesses últimos anos, obrigado a todos.

Abraços pessoal.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Microsoft Certification Roadmap



Olá galera, essa dica é pra quem está seguindo a carreira de certificações Microsoft, como o próprio nome já diz  esse é o roadmap das certificações MS englobando a área de desenvolvimento, infraestrutura, cloud,  end-devices e SQL.

Vale a pena conferir e tentar mesclar a sua track atual com alguma outra de outro segmento (talvez azure ou Office 365).

Link:
http://download.microsoft.com/download/C/2/E/C2EE66E8-C1CB-4C63-BF6F-5BF9729255E5/Certification-roadmap.pdf

Abraços

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

VI Semana de Infraestrutura da Internet no Brasil





Pessoal, na próxima semana (de 05/12 à 09/12) o Nic.BR irá trazer 2 eventos para o público da área de Infraestrutura muito interessantes, o primeiro é o IX (PTT) Forum que é o encontro de sistemas autônomos do Brasil que trata das boas práticas envolvendo as pequenas/médias operadoras com relação a BGP/IPv4/Ipv6, equipamentos, segurança etc.

Link:

Segue a agenda completa do evento:

Agenda

IX (PTT) Fórum - 05/12/2016
horário atividade material
08h00 - 09h00 Credenciamento em breve...
09h00 - 09h10 Abertura do Evento
Milton Kaoru Kashiwakura (NIC.br)
em breve...
09h10 - 09h40 Report Anual da Equipe do IX.br (PTT.br)
Antônio Marcos Moreiras (NIC.br)
Julio Sirota (NIC.br)
em breve...
09h40 - 10h10 Sistema Automatizado das Quarentenas do IX.br
Rodrigo Borges (NIC.br)
em breve...
10h10 - 10h40 Implantação do Backbone Cooperativo Baiano
Janyel de Assis Leite (LINKABR TELECOM)
em breve...
10h40 - 11h10 Intervalo Coffee Break & Networking em breve...
11h10 - 12h30 Cenário brasileiro do desenvolvimento da Internet e a importância do IX.br para o desenvolvimento do Backbone Global
Erich Matos Rodrigues (Abrint | Interjato)
Eduardo Parajo (Abranet | Durand | CGI.br)
Demi Getschko (NIC.br)
em breve...
12h30 - 13h00 Análise de abrangência dos IXs no Brasil
Leandro Bertholdo (PoP-RS da RNP)
em breve...
13h00 - 14h30 Almoço em breve...
14h30 - 15h40 DDoS providos a partir de IoTs e como os IXPs podem ajudar a solucionar essa questão
Wilson Rogerio Lopes (Itaú Unibanco)
Mauro Iwao Onizuka (Huawei Brazil Enterprise Business Group)
Kleber Carriello (Arbor Networks )
Miriam von Zuben (NIC.br)
em breve...
15h40 - 16h10 Engenharia de Tráfego em IXs: Bonus de Tráfego
Márcio Augusto de Deus (Instituto Federal de Brasilia)
Paulo H. P. Portela Carvalho (Universidade de Brasilia)
em breve...
16h10 - 16h40 Intervalo Coffee Break & Networking em breve...
16h40 - 17h10 Programa Amazônia Conectada sob a perspectiva de Engenharia
Marco Aurélio Montoro Filho (RNP - Rede Nacional de Ensino e Pesquisa)
em breve...
17h10 - 17h40 Update on Datacenter Optics
Tony Pearson (Finisar)
em breve...
17h40 - 18h00 Somos os Caras do Peering !!! em breve...
18h00 - 20h00 Beer&Gear&Peer em breve...


IX (PTT) Fórum - 06/12/2016
horário atividade material
09h00 - 09h30 DWDM no acesso ao IX - Como expandir os acessos ao IX através do compartilhamento de lâmbdas
Rinaldo Vaz (Tely)
em breve...
09h30 - 10h00 The Network Automation and Insight Solutions for the Digital Era
Adalberto Lins (Brocade)
em breve...
10h00 - 10h40 Modelo de Sustentabilidade do IX.br
Julio Sirota (NIC.br)
em breve...
10h40 - 11h10 Intervalo Coffee Break & Networking em breve...
11h10 - 12h40 Cabos Submarinos e integração com a IX.br
Tiago Carrijo Setti (Algar Telecom)
Fernando López Rodríguez (ANTEL - Administración Nacional de Telecomunicaciones)
Jorge Salomão Pereira (Angola Cables)
João Pedro Flecha de Lima (Ellalink)
em breve...
12h40 - 13h00 Numeração IP. Como estamos?
Ricardo Patara (NIC.br)
em breve...
13h00 - 14h30 Almoço em breve...
14h30 - 15h10 Análise da Internet Brasileira em 2016 e Novos Recursos para os ASN
Fabrício Tamusiunas (NIC.br)
em breve...
15h10 - 15h40 Gerenciando o crescimento através do auto-provisamento
Erik Verhoef (AMS-IX)
em breve...
15h40 - 16h10 Uso do GoBGP no JPNAP
Shu Sugimoto (JPNAP | INTERNET MULTIFEED C)
em breve...
16h10 - 16h40 Intervalo Coffee Break & Networking em breve...
16h40 - 17h00 Monitoramento em Tempo real com Graphite e Grafana
Renato Ornelas (OpenX)
em breve...
17h00 - 17h30 Serviço de Communities no IX.br
Lucenildo Lins (NIC.br)
em breve...
17h30 - 18h10 Espaço aberto: diálogo sobre o IX.br com os participantes
Flávio Amaral (Netflix)
Julio Sirota (NIC.br)
Lucenildo Lins (NIC.br)
Salvador Rodrigues (NIC.br )
em breve...
18h10 - 18h20 IX (PTT) Fórum 10 - Encerramento
Julio Sirota (NIC.br)
em breve...


IX (PTT) Fórum - 07/12/2016
horário atividade material
09h00 - 10h40 BGP - Boas Práticas para Conexão IXP
Renato Ornelas (OpenX)
Rodrigo Regis (NIC.br)
em breve...
09h00 - 10h40 Desvendando o Mikrotik e seus Mistérios
Wardner Maia (MD Brasil TI & Telecom)
em breve...
09h00 - 10h40 IPV6 - Situação Atual do IPv6 e Plano de Endereçamento
Eduardo Barasal (NIC.br)
Tiago Jun Nakamura (NIC.br)
em breve...
10h40 - 11h10 Intervalo Coffee Break & Networking em breve...
11h10 - 12h50 BGP - Boas Práticas para Conexão IXP
Renato Ornelas (OpenX)
Rodrigo Regis (NIC.br)
em breve...
11h10 - 12h50 Desvendando o Mikrotik e seus Mistérios
Wardner Maia (MD Brasil TI & Telecom)
em breve...
11h10 - 12h50 IPV6 - Situação Atual do IPv6 e Plano de Endereçamento
Eduardo Barasal (NIC.br)
Tiago Jun Nakamura (NIC.br)
em breve...
13h00 - 14h10 Almoço em breve...
14h10 - 15h50 BGP - Avançado e Communities
Lucenildo Lins (NIC.br)
Shu Sugimoto (JPNAP | INTERNET MULTIFEED C)
em breve...
14h10 - 15h50 Operação de Redes Ópticas: Cuidados Físicos e Condutas Normativas
Salvador Rodrigues (NIC.br )
em breve...
14h10 - 15h50 Prática de Configuração de Serviços IPv6
Eduardo Barasal (NIC.br)
Tiago Jun Nakamura (NIC.br)
em breve...
15h50 - 16h20 Intervalo Coffee Break & Networking em breve...
16h20 - 18h00 BGP - Avançado e Communities
Lucenildo Lins (NIC.br)
Shu Sugimoto (JPNAP | INTERNET MULTIFEED C)
em breve...
16h20 - 18h00 Operação de Redes Ópticas: Cuidados Físicos e Condutas Normativas
Salvador Rodrigues (NIC.br )
em breve...
16h20 - 18h00 Prática de Configuração de Serviços IPv6
Eduardo Barasal (NIC.br)
Tiago Jun Nakamura (NIC.br)


em breve...


Já o no segundo evento o  Grupo de Trabalho de Engenharia e Operação de Redes (GTER), em sua 42ª reunião trata principalmente de aspectos práticos e operacionais da atualidade dos serviços Internet no país.

Link:

Agenda

07.12.2016 - Tutoriais
09h00 - 10h40 BGP: Boas Práticas para Conexão IXP (I) - Renato Ornelas, OpenX & Rodrigo Regis, NIC.br

09h00 - 10h40 Desvendando o Mikrotik e seus Mistérios (I) - Wardner Maia, MD Brasil

09h00 - 10h40 IPV6: Situação Atual e Plano de Endereçamento (I) - Eduardo Barasal & Tiago Nakamura, NIC.br

10h40 - 11h10 Coffee Break

11h10 - 12h50 BGP: Boas Práticas para Conexão IXP (II) - Renato Ornelas, OpenX & Rodrigo Regis, NIC.br

11h10 - 12h50 Desvendando o Mikrotik e seus Mistérios (II) - Wardner Maia, MD Brasil

11h10 - 12h50 IPV6: Situação Atual e Plano de Endereçamento (II) - Eduardo Barasal & Tiago Nakamura, NIC.br

12h50 - 14h10 Almoço (não fornecido pelo evento)

14h10 - 15h50 BGP: Avançado e Communities (I) - Lucenildo Lins, NIC.br & Shu Sugimoto, JPNAP

14h10 - 15h50 Redes Ópticas: Cuidados Físicos e Condutas Normativas (I) - Salvador Rodrigues, NIC.br

14h10 - 15h50 Prática de Configuração de Serviços IPv6 (I) - Eduardo Barasal & Tiago Nakamura, NIC.br

15h50 - 16h20 Coffee Break

16h20 - 18h00 BGP: Avançado e Communities (II) - Lucenildo Lins, NIC.br & Shu Sugimoto, JPNAP

16h20 - 18h00 Redes Ópticas: Cuidados Físicos e Condutas Normativas (II) - Salvador Rodrigues, NIC.br

16h20 - 18h00 Prática de Configuração de Serviços IPv6 (II) - Eduardo Barasal & Tiago Nakamura, NIC.br


08.12.2016 - GTER 42

08h00 - 08h50 RECEPÇÃO

08h50 - 09h00 ABERTURA

09h00 - 09h40 Geolocalização IP: Onde está o problema? - Ricardo Patara, NIC.br

09h40 - 10h10 Monitoração remota de baixo custo e alto desempenho - Rafael Galdino, Omni Telecom

10h10 - 10h40 Segment Routing - Alvaro Retana, Cisco

10h40 - 11h10 Coffee Break

11h10 - 12h10 SPFBL: Aplicação P2P para prevenção de SPAM - Leandro Carlos Rodrigues, SPFBL.net

12h10 - 12h55 Alta Disponibilidade do BGP ao PPPoE para Provedores - Elizandro Pacheco & Uesley Correa & Rinaldo Vaz, Network Education

12h55 - 14h00 Almoço (não fornecido pelo evento)

14h00 - 14h30 Compartilhamento de infra-estrutura: Caso RNP/CHESF - Oswaldo de Freitas Alves, RNP

14h30 - 15h10 Monitorando o Wi-Fi Livre SP - Fausto N. Peralta & Henrique M. Holschuh, PRODAM

15h10 - 15h30 NFV e SDN na prática em um ISP - Marcelo Boeira de Barcelos, Smart6

15h30 - 16h00 Coffee Break

16h00 - 17h00 Implantação de IPv6 na RNP e estudo de caso com NAT64 - Guilherme Branco Ladvocat, RNP

17h00 - 17h40 Roll-over da KSK raiz - Frederico Neves, NIC.br

17h40 - 17h50 ENCERRAMENTO


09.12.2016 - GTS 28
08h00 - 08h50 RECEPÇÃO

08h50 - 09h00 ABERTURA

09h00 - 09h40 CSIRT: como montar o seu Hackbusters - Yuri Alexandro, RNP

09h40 - 10h20 Fraude em telefonia - Hermann Wecke

10h20 - 11h00 Coffee Break

11h00 - 11h40 Segurança para IoT é possível! - Anchises Moraes, CSA Brasil

11h40 - 12h20 Legislação x IoT: Desafios jurídicos - Adriana de Moraes Cansian, Resh Cyber Defense

12h20 - 13h40 Almoço (não fornecido pelo evento)

13h40 - 14h20 O que os Dados DNS revelam sobre os ataques cibernéticos mundiais - Ricardo Rodrigues, Nominum

14h20 - 15h00 Sandnet: Análise de tráfego produzido por software malicioso - Daniel Teixeira, IFSP Campinas

15h00 - 15h40 Coffee Break

15h40 - 16h20 Sequestro de Dados (Ransomware): O que fazer? - Ricardo Kléber Martins Galvão, IFRN

16h20 - 17h00 Rede de Sensores na Rede Acadêmica - Rildo Antonio de Souza, RNP

17h00 - 17h20 Remoção da supervisão dos EUA nas funções IANA - Rubens Kühl, NIC.br

17h20 - 17h30 ENCERRAMENTO

Os eventos são gratuitos, porém pra quem não consegue ir ao local (z/s de SP) será disponibilizado uma transmissão online no site do NicBR.

Abraços 

Curso ITIL v3 grátis

Pessoal, o professor Heiz Dieter disponibilizou um curso completo de ITIL v3 para download pra galera,  o professor também  realiza turmas presenciais de preparatório  para a certificação e pela qualidade do material apresentado o curso deve ser muito bom:








Contato:
https://www.linkedin.com/in/heinz-dieter-nevermann-zamorano-075183


quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Inscrições abertas cursos academia Cisco SP


Estão abertas de 29 de novembro a 5 de dezembro as inscrições para cursos de curta duração da Academia CISCO do Câmpus São Paulo.
As vagas são limitadas e as inscrições serão realizadas exclusivamente online, por meio do preenchimento do formulário disponível no site:
A classificação obedecerá a ordem das inscrições. 
O e-mail indicado pelo inscrito será aquele utilizado para acesso a plataforma online da CISCO.
Dúvidas podem ser encaminhadas ao Coordenador da academia CISCO do Câmpus São Paulo, Fulvio Prevot, por meio do e-mail: bianco@ifsp.edu.br
Os cursos ofertados são:

1) Introduction to Cybersecurity – Básico
Duração – 15 horas
Vagas - 25 vagas
Resumo do curso: o curso Introduction to Cybersecurity aborda o amplo tópico de segurança digital de forma relevante para você. Saiba como proteger sua privacidade e dados pessoais on-line e nas mídias sociais e entenda por que cada vez mais os empregos na área de TI exigem percepção e compreensão da segurança digital.
Saiba o que é segurança digital e o que ela significa para você nos campos pessoal e profissional.
Saiba como estar protegido on-line, ao conhecer as ameaças, os ataques e as vulnerabilidades mais comuns.
Saiba como as empresas protegem as operações de ataques digitais e por que o emprego nessa área está crescendo.
Estude no seu próprio ritmo e reforce a assimilação com atividades e testes.
Conecte-se à comunidade mundial da Cisco Networking Academy.

​2) Packet Tracer 101 - Básico
Duração – 1 hora
​Vagas - 100 vagas​
Resumo do curso: Packet Tracer 101 um curso de uma hora, online, que apresenta os fundamentos da ferramenta de simulação de configuração de redes.
Aprenda a navegar na Interface do Packet Tracer
Entenda a diferença entre as visões lógica e física
Construa uma simples topologia de redes
Conecte-se à comunidade da Cisco Networking Academy

Abraços pessoal

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Atualização livro CCNA 5.0 para 6.0


Pessoal, o Marco Filipetti (http://blog.ccna.com.br/) disponibilizou uma atualização do livro CCNA 5.0 para o CCNA 6.0 cobrindo os novos temas que serão cobrados na nova prova do CCNA 200-215  (SND, BGP, QOS etc).

O material foi disponibilizado em .pdf e mesmo pra quem já conhece os temas abordados vale a pena dar uma olhada:



link:
http://blog.ccna.com.br/2016/11/02/pdf-de-atualizacao-do-livro-ccna-5-0-para-o-novo-ccna-6-0/

Abraços

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Lab simulando a internet



Galera, deem uma olhada na topologia criado pelo Alyas Saify da universidade de Kabul, segue o post na comunidade do CiscoCerts:

Check out this post lab setup from community member Alyas Saify.

Hello, my name is Alyas Saify,

I graduated from the Computer Engineering faculty at Kabul Polytechnic University. I earned a CCNA in
Routing and Switching.
My final-year project at the university was Internet simulation. Some of the protocols I simulated included
Routing protocol (BGP, EIGRP, OSPF), and Frame Relay point-to- point full mesh topology design between ISPs and branches of ISPs.
In IP planning (public IP address and private IP address), I used VLSM.
Each ISP has its own DMZ zone (email server, web server, and DNS server). When configured with public IP address, these servers are accessible from everywhere.
Other protocols I used were VLANS, HSRP, VTP, LACP, PAGP, NAT, and ACCESS LISTS.
And applications layer protocols services included EMAIL, WWW (http, https), DHCP, Telnet, SSH, FTP, TFTP, SNMP, NET FLOW, and SYSLOG.

Abraços

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Estudos para o CCIE 10

Bom pessoal, chegamos ao décimo capitulo dessa saga rumo ao CCIE e agora cada dia mais empolgado pois percebi que tem uma galera acompanhando e me apoiando nos estudos, além disso o grupo no telegram está muito bacana com diversos papos (técnicos e pessoais) sobre os estudos de cada um, inclusive já foi compartilhado muito material pelo pessoal de lá, então quem quiser entrar no grupo me manda um e-mail (diegolc100@gmail.com) que eu adiciono lá depois, o grupo é pequeno mas são pessoas que realmente querem estudar ou já estão na trilha pra tirar a certificação.

Bom vamos ao que foi estudado desde o último post :)

- Primeiro resolvi ajustar os horários do meu project pra ter um pouco mais de visibilidade da quantidade de horas que estou estudando e acabei me surpreendendo o quanto estou indo mal no meu planejamento total:



- Como comecei os estudos em fevereiro de 2015 calculo que tive cerca de 635 dias até agora para estudar, e consegui estudar mais ou menos 353 horas até agora, somando umas 30 horas de blogging envolvendo o CCIE + umas 20 horas de planejamento mais ou menos + umas 20 horas montando lab (preparando) tenho no total de 423 horas gastas no projeto, dividindo isso pelos dias que tive (635) cheguei a uma média de 40 minutos estudados por dia.... uma vergonha...



- Um colega me perguntou o porque demoro tanto pra ler os livros (ex.30 horas) e para justificar a demora pra ler livros técnicos eu na verdade leio, escrevo o que entendi e as vezes chego a criar um pequeno lab do assunto, então acabo demorando mesmo kkkk

- Terminei a sessão de Multicast dos videos do INE, além do official guide e do workbook, como falei no post anterior achei a parte de multicast mais simples que o restante dos labs, me compliquei um pouco apenas quando foi preciso misturar BSR com SSM e MSDP, mas tirando isso o conceito é bem simples e direto, não tem muito segredo, vou criar um post especifico pra focar em multicast e posto aqui :)

- Comecei a estudar MPLS denovo que é o último protocolo mais "pesado" da prova, comecei pelo official guide como sempre e já estou na metade dos videos do INE, além disso estou relendo o livro Redes MPLS:



- Antes de começar os labs de MPLS, o amigo Flyner Portugal disponibilizou o link do WEB IOU com os labs do CCIE INE, Narbik e mais:

https://drive.google.com/file/d/0B2SmhVZ6tRWEYXluS29Hdm5OLUE/view

Basta importar pro Vmworkstation, logar na console (user:root senha:cisco) rodar um dhclient e conectar no ip que a eth0 vai pegar:



Nesse modo você consegue conectar nos equipamentos via browser:


Ou via telnet (ícone do CMD).

Com ele consigo utilizar em praticamente qualquer notebook/PC e não tenho mais aqueles problemas de lentidão reportados nos outros posts :)

Bom pessoal, vou tentar recuperar o tempo perdido até fevereiro e melhorar essa média de estudos, abraços.

sábado, 5 de novembro de 2016

Café com Security


Pessoal, resolvi desmembrar do site principal a área de Security do Café com redes e criar o Café com Security, vou migrar os posts criados com esse tema e continuar a criar conteúdo, mas lembre-se que o intuito é sempre o aprendizado e o compartilhamento de informação (saibam utilizar kkkk).

http://cafecomsecurity.blogspot.com.br/

Abraços

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Data Center Design & Deployment Seminar


Pessoal, a Cisco do Brasil, disponibilizou um  seminário com diversas tecnologias voltadas para Datacenter como SDN, UCS, arquitetura, orquestratação.

Sessão 1: A Evolução da Arquitetura do Data Center
1ª sessão do Data Center Design & Deployment apresentada por Erike Souza, Engenheiro de Sistemas da Cisco, sobre a evolução da arquitetura de data center.

Sessão 2: A Evolução da Arquitetura de Segurança no Data Center
2ª sessão do Data Center Design & Deployment apresentada por Fernando Zamai, Consultor de Segurança da Cisco, sobre a evolução da arquitetura de data center e de segurança.

Sessão 3: Evolução do Provisionamento e Orquestração
3ª sessão do Data Center Design & Deployment apresentada por Sérgio Dias, Engenheiro de Sistemas, sobre a evolução do provisionamento e orquestração no Data Center.

Sessão 4: Evolução da Automação e Cloud
4ª sessão do Data Center Design & Deployment apresentada por Fábio Leandro, Gerente de Serviços Avançados da Cisco, sobre provisionamento, orquestração, automação e cloud.

Sessão 5: Cisco Domain Ten
5ª sessão do Data Center Design & Deployment apresentada por Fábio Leandro, Gerente de Serviços Avançados da Cisco, com foco na estrutura de trabalho Cisco Domain Ten.

Sessão 6: SDN para Redes de Data Center
6ª sessão do Data Center Design & Deployment apresentada por Henrique Trevisan, Engenheiro de Sistemas da Cisco, sobre como concretizar os conceitos de SDN dentro da rede do data center moderno.

Sessão 7: Migrando a Rede Tradicional para ACI
7ª sessão do Data Center Design & Deployment, apresentada por Alberto Frocht, Engenheiro de Sistemas especialista em Data Center da Cisco, que explica como migrar a rede tradicional para o fabric ACI.

Sessão 8: Evolução da Hiperconvergência com o UCS
8ª sessão do Data Center Design & Deployment, apresentada por Sho Funatsu, Engenheiro de Sistemas para data center focado em tecnologias de hiperconvergência na Cisco, sobre a evolução da hiperconvergência com o UCS.

Sessão 9: A Evolução da Computação com UCS
9ª sessão do Data Center Design & Deployment, apresentada por Allan Gomes, Engenheiro de Sistemas especialista na linha de Cisco UCS na Cisco, sobre a evolução da computação com o UCS.

Sessão 10: CliQr - Plataforma de Gerenciamento de Aplicações para Múltiplas Nuvens
10ª sessão do Data Center Design & Deployment, apresentada por Adilson Silva, Arquiteto de Soluções Técnicas para cloud e managed services na Cisco, sobre a plataforma de gerenciamento de aplicações para múltiplas nuvens, CliQr (nuvem privada, híbrida e pública).



Link:
https://grs.cisco.com/grsx/cust/grsCustomerSurvey.html?SurveyCode=14618&keyCode=001319860&KeyCode=001319860

Abraços pessoal.

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Cursos de Python e OpenStack grátis


Bom pessoal, hoje estou trazendo 2 cursos interessantes pra galera, o primeiro é o curso de Python para engenheiros de redes, o curso é divido em 10 semanas e o material enviado via e-mail (video-aulas, pdfs e exercicios):





Conteúdo:

Starting October 27th—a free ten-week email course for Python beginners.

Each week you will receive an email that contains video, exercises, and additional content. The course is intended for Network Engineers that have some basic familiarity with programming (for example, Perl, shell scripting). No previous Python experience is required.

The course will consist of the following content:

Week1 - Why Python, the Python Interpreter Shell, Strings
Week2 - Numbers, Lists
Week3 - Conditionals and For Loops
Week4 - While loops, Dictionaries, and Exceptions
Week5 - Review and Exercises
Week6 - Functions
Week7 - Files and Regular Expressions
Week8 - Modules and Packages
Week9 - Classes and Objects
Week10 - SSH, Telnet, and Pickle

Link:
https://pynet.twb-tech.com/




O segundo é um workshop online de OpenStack que está ocorrendo entre os dias 24 e 31 de outubro, já foram disponibilizadas 2 video-aulas e achei a segunda bem interessante, vale a pena para iniciantes em OpenStack:




Link:
http://openstack.cloudtreinamentos.com/workshop?ref=A5002341R&hsrc=ZS1tYWlsLTE%3d

Abraços

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

GNS3 2.0 Alpha 1 lançado


Galera, o pessoal do GNS3 está desenvolvendo a nova versão do emulador que irá contar com algumas atualizaçãoes interessantes como o salvamento automático dos seus projetos, captura de pacotes inteligente, possibilidade de conectar qualquer "coisa" ao ícone da cloud, seguem as novidades:

What’s new in GNS3 version 2.0

Version 2.0 is a new major release of GNS3 which brings major architectural changes and also  new features.

GNS3 was only a desktop application from the first version up to version 0.8.3. With the more recent 1.x versions, GNS3 has the possibility to use remote servers. Now, in version 2.0, multiple clients could control GNS3 at the same time, also all the “application intelligence” has been moved to the GNS3 server.

What does it mean

Third parties can make applications controlling GNS3.
Multiple users can be connected to the same project and see each other modifications in real time.
No need to duplicate your settings on different computers if they connect to the same central server.
Easier to contribute to GNS3, the separation between the graphical user interface and the server/backend is a lot clearer.

All the complexity of connecting multiple emulators has been abstracted in what we call the controller (part of GNS3 server). From a user point of view, it means that it is possible to start a packet capture on any link, connect anything to a cloud etc.

Finally, by using the NAT object in GNS3, connections to Internet work out of the box. Please note this is only available with the GNS3 VM or a Linux OS with libvirt installed.

Save as you go


Your projects are automatically saved as you make changes to them, there is no need to press any save button anymore. An additional benefit is this will avoid synchronisation issues between the emulators’ virtual disks and projects.

Smart packet capture



Now starting a packet capture is just as easy as clicking on a link and asking for new capture. GNS3 will guess the pick the best interface where to capture from.


The packet capture dialog has also been redesigned to allow changing the name of the output file or to prevent automatically starting Wireshark:


Capture d’écran 2016-04-27 à 11.04.18.png

Capture on any link between any node



Their is no longer any restriction on what kind of node can be used for a packet capture. Previously VPCS and Qemu were not supported.

Select where to run a VPCS node

Like for hubs and switches, it is possible to select which server to use when VPCS node is dropped into a project .

Delete a project from the GUI

Now you can delete a project from the file menu. All files will be deleted from your hard drive and remote servers.
Capture d’écran 2016-05-26 à 11.22.50.png


Or via the project dialog


Project options



There are now multiple options allowing you to load a project with GNS3 in background and even to auto start the nodes.


The cloud is a real node



In previous versions of GNS3, the cloud was in fact a direct usage of the emulator capabilities to connect to external networks. In version 2.0, the cloud is a real node, this means:


  • Possibility to connect anything to any cloud
  • All links to a cloud support packet capture
  • There is no need to run emulators as root to connect to a cloud (only uBridge requires admin permission).

Cloud templates

You can create cloud templates with your favorite interfaces and symbols.

New cloud interface

The cloud interface is simpler with a unique select dialog for ethernet interfaces. We also merged host object into the cloud since the difference between the 2 objects was not clear for most users.

VPCS / Ethernet Switch / Ethernet Hub templates

You can create template for these nodes just like other nodes.
hjkhkjkj

Search OS images in multiple locations

OS images can be stored in selected folder and used without providing the full path. GNS3 will scan these folders in order to find the correct images.


VM wizards offer a list of images available locally or remotely. GNS3 will upload an image for you if it can only be found locally.


Periodic extraction of startup configs for Dynamips and IOU



Startup configs are extracted at regular interval to avoid configuration loss if Dynamips or IOU crashes.

Custom cloud, Ethernet hub and Ethernet switch templates



It is possible to create custom templates (symbol, name format etc.)


Snap to grid for all objects

In version 1.5, we introduced the snap to grid feature. Now you can use it for rectangles, ellipses, images etc.

Synchronize the node templates when using multiple GUI

Node templates are sync between all the GUIs.

Link label style

The style of link labels can be changed just like labels for nodes (color, font, orientation etc.)

New place holders in command line for opening consoles

%i will be replaced by the project UUID

When you open a console to a node you can pass %i to the console command line, this will be replaced by the project UUID allowing scripts to interact with your project.

%c will be replaced by the connection string

When you open a console to a node you can pass %c to the console command line, this will be replaced by the connection string to the GNS3 server allowing your scripts to know how to connect to the GNS3 API.

Export a portable project from multiple remote servers

It is possible to export a project and reimport it to a single GNS3 VM if you a have a project running on multiple remote servers.


Note: You cannot re-import a project to the original multiple remotes or non GNS3 VM server. This a limitation of the export file format.

New save as

The old “save as” has been replaced by a project duplication feature. This feature will duplicate not just the .gns3 but also the disk data from all GNS3 servers.


With evolution of emulators, the complexity of the tasks to duplicate was bigger and we could no longer just duplicate the raw data. Behind the scene the import / export system introduced in version 1.5 using .gns3project extension is now used for duplicated projects.


Snapshots with remote servers

Snapshots are not supported when using remote servers. Behind the scene the import / export system introduced in version 1.5 is used for snapshots.

Better start / stop / suspend all nodes

Start / stop / suspend all nodes feature will limit the amount of process starting at the same time to optimize CPU usage.

Edit config

Dynamips, VPCS and IOU nodes support configuration editing from within GNS3. Note: this feature doesn’t automatically reload the config in the node.

NAT node

NAT node can be used to connect GNS3 nodes to the Internet without any configuration, this requires the GNS3 VM or Linux. This node uses the libvirt nat interface.


This also replaces the Internet VM, the conversion will be automatic for internet VM users. An additional benefit is that this will consume less RAM and CPU.

Support for colorblind users

The stop symbol is now a square in order to help colorblind users to see the differences with running devices.

Support for non local server

In previous version, disabling the local server was not officially supported.


Now if you disable the local server you can put settings for a remote server that will replace your local server.

Support for profiles



GNS3 can be started with the parameter --profile PROFILNAME in order to have different settings applied. This can be useful if one needs different settings for different usage of GNS3 (home vs office).Or enable a dialog at startup




Suspend the GNS3VM when closing GNS3



For fastest exit and restart of GNS3 you can now suspend the VM. This works well with an SSD disk. For instance, it takes less than 4 seconds on an old macbook when previously the start time was 30 seconds.


Edit the scene size



The scene size can be changed if your project is bigger than the standard one.


New API

Developers can find out how to control GNS3 using an API here: http://api.gns3.net/en/2.0/


Thanks to our controller, it is no longer required to deal with multiple GNS3 servers since most of the information is available in the API.


All the visual objects are exposed as SVG.

This API is quite complete, the only major missing part at the moment is creation and use of node templates.


Link para download:

https://www.gns3.com/discussions/gns3-2-0-alpha-1-released

Abraços pessoal.