segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Estudos para o CCIE 12

Fala galera tudo bem?

Estou retomando os estudos pro CCIE com força total, depois de um ano bem complicado (vários problemas pessoais) e também depois de tirar alguns meses para estudar Cybersecurity (quem acompanha o blog sabe), estou finalmente voltando ao plano original que é o CCIE R&S, porém agora com muitas novidades:

- O deadline para prova será em julho/18 no lab móvel aqui de SP:



- Consegui o workbook do INE atualizado (2800 páginas) para continuar os estudos;

- Alguns novos colegas estão me ajudando bastante compartilhando diversos materiais (variações da prova, materiais adicionais, Labs no EVE etc.) inclusive alguns deles estão bem avançados na preparação pra prova e compartilham muita informação importante no nosso grupo do telegram (se estiver estudando full pro CCIE passa o cel no e-mail diegolc100@gmail.com que eu add lá);

- Combinei com o colega JoséInfo (um dos parceiros pro lab) realizar a parte de tshoot em conjunto, talvez via skype ou algo do tipo, mas em paralelo durante o dia vou continuar com o workbook pois ainda preciso adquirir muito conhecimento para alcançar o nível da galera ai.

- Faltam 6 vídeos para terminar as video aulas do INE, na verdade são vídeos indicados para quem está nas últimas semanas de preparação para prova, porém como estou precisando revisar alguns conteúdos vou assisti-los e também revisar alguns vídeos antigos de acordo com o que estou estudando;

- Adicionei 200 horas de preparação final no project, uma para cada sessão do Lab (posso ter que alterar pois acho que thshoot vai precisar de mais):



- Como o último assunto estudado foi IPSEC + DMVPN, vou seguir conforme a última postagem (tecnologias diversas e Sec nos devices);

Abraços pessoal.

sábado, 16 de setembro de 2017

Prova 210-255 (SECOPS) Fail


- Fala galera beleza? Hoje de manhã fui realizar a segunda prova do CCNA Cybersecurity (210-255) e acabei falhando na prova, segue alguns pontos pra ajudar vocês quando forem tentar realizar a prova:

- A prova é bem mais díficil do que a primeira (SECFND), acho que acabei relaxando nos estudos pois a primeira foi bem tranquila;

- Utilizei o material do curso como material principal, dei uma lida no Official Guide por cima também (não gostei muito pois foca muito em coisas que não caem na prova, e alguns assuntos importantes não tem o foco necessário).

-  Estude:
  - Interpretação de PCAP, Syslogs, Tipos de logs de firewall, IDS e IPS;
  - Fases do "incident handling";
  - Fases do NIST;
  - Expressões regulares;
  - PCI compliance;
  - Muito CVSSv3 (muito mesmo);
  - Muito Diamond Model of Intrusion (muito mesmo);
  - Processos forenses (colection, report, etc);
  - Incident response plan;
  - CSIRT (diferenças entre eles e cuidado pois os materiais são incompletos);
  - Cenários deterministicos, probabilisticos, descritivos e exploratórios (diferenças e quando utilizar cada um);
  - Wireshark (expressões, como exportar, análise etc);
  - HTTP (GET, POST, User-agent etc);
  - Veris;
  - True/False positive e True/False Negative;

- O curso ajuda bastante, mas não é suficiente pro que foi cobrado;
 
Bom pessoal, fiquei meio chateado não com a dificuldade da prova, mas com o meu comportamento (relaxei) nessa prova, enviei um e-mail pro pessoal do programa pra tentar conseguir mais um voucher (teve uma galera que conseguiu), se eu conseguir vou estudar mais e tirar a prova, se não vou marcar pro ano que vem.

Espero ter ajudado quem está se preparando pra essas provas.

Abraços

domingo, 10 de setembro de 2017

Datacenter e linha Nexus de switches


Fala galera tudo bem?

Hoje vou falar um pouco sobre as linhas Nexus voltadas para Datacenter, na verdade essa linha foi criada em 2008 pela CIsco para seguir a tendencia dos novos datacenters (grandes transferências de dados e ultrabaixa latência), o primeiro equipamento lançado foi o Nexus 7000 que seguiu o padrão de equipamentos em chassis (2 supervisors, 5 modulos para switches fabric, fontes redundantes, etc), entretando a Cisco não parou por ai, lançou também outras linhas que vou explicar um pouco sobre cada um abaixo:



- Nexus 7000 - Conforme falei acima, o N7K suporta alta-densidade de dados, conta com  algumas features avançadas para datacenters como FEX, Fabricpath, VDC, vPC etc, além das diversas funcionalidades padrões dos switches Cisco, segue alguns modelos da linha base:

Item
Cisco Nexus 7000 4-Slot Switch
Supports all Cisco Nexus 7000 Series Supervisor and I/O modules except the following:
N7K-SUP1
Supports Fabric2 modules
Supports Fabric1 and Fabric2 modules
Supports Fabric1 and Fabric2 modules
N7K-M132XP-12
Does not support Fabric1 modules
N7K-M148GS-11
N7K-M148GT-11
N7K-F132XP-15
Does not use fabric modules
Max local switching capacity
600 Gbps
600 Gbps
600 Gbps
600 Gbps
Max inter-slot switching capacity
440 Gbps
550 Gbps
550 Gbps
550 Gbps
Cisco NX-OS Software Release 6.1(2) or later
Lockable front module door
●  Air filter
●  Lockable front module doors
1.44 billion packets per second (bpps) (IPv4 unicast) in combination with supervisor module and
built-in fabric

E também os  modelos da linha 7700 seguindo a primeira linha:


Item
Cisco Nexus 7700 2-Slot Chassis
Cisco Nexus 7700 6-Slot Switch
Port count
48 x 10 Gbps, 24 x 40 Gbps, and 12 x 100 Gbps
192 x 10 Gbps, 96 x 40 Gbps, and 48 x 100 Gbps
384 x 10 Gbps, 192 x 40 Gbps, and 96 x 100 Gbps
768 x 10 Gbps, 384 x 40 Gbps, and 192 x 100 Gbps
  Supports all Cisco Nexus 7700 switch modules except the following:   Supports all Cisco Nexus 7700 Series Supervisor and I/O modules ●  Supports all Cisco Nexus 7700 Series Supervisor and I/O modules ●  Supports all Cisco Nexus 7700 Series Supervisor and I/O modules
  N77-F248XP-23E   Supports Cisco Nexus 7700 Series Fabric-2 modules   Supports Cisco Nexus 7700 Series Fabric-2 modules   Supports Cisco Nexus 7700 Series Fabric-2 modules
  Does not use fabric modules
Cisco NX-OS Software Release 7.2 or later
Cisco NX-OS Software Release 6.2.6 or later
  Door air filter   Door air filter ●  Door air filter ●  Door air filter
  Lockable front module doors   Lockable front module doors ●  Lockable front module doors   Lockable front module doors
  Power supply center cable management
No fabric modules
21 Tbps
All I/O modules are line rate
Max local switching capacity*
1.2 Tbps
1.2 Tbps
1.2 Tbps
1.2 Tbps
Max inter-slot switching capacity*
n/a
1.2 Tbps
1.2 Tbps
1.2 Tbps


- O segundo modelo que vamos falar são os switches da linha 5000, esses foram desenvolvidos para serem usados como Top Of Rack (ToR) por serem switches de alta densidade,  bem escalável e com a flexibilidade de trabalhar em diversas funções da rede  (Core, distribuidor, borda, L2, L3 etc), podem suportar VXLAN, features de L2 e L3, interfaces  FCoE , possui alguns modelos divididos em 10GB e 40GB:

                                   10 GB                                  40 GB
Cisco Nexus 5672UP Cisco Nexus 5672UP-16G Cisco Nexus 56128P
Cisco Nexus 5624Q Cisco Nexus 5648Q Cisco Nexus 5696Q
Rack unit (RU)
1

1

2
1

2

4
Switching capacity 1.44 Tbps 1.44 Tbps 2.56 Tbps1.92 Tbps 3.84 Tbps 7.68 Tbps
Expansion slots None None 2
1 2 8
Unified ports Yes Yes Yes
No No Yes
Fixed, built-in ports 48 (10 GE) 48 (10 GE) 48 (10 GE)12 (40 GE) 24 (40 GE) N/A
1/10 GE, 10-Gbps FCoE port density Up to 72 Up to 72 Up to 128 96 192 384
40-GE, FCoE port density N/A N/A N/A 24 48 96
1/10-Gb BASE-T No No No No No No
40 GE uplinks 6 6 Up to 8 (through expansion module) N/A N/A N/A
100 GE ports No No No No No Upto 32 (through expansion module)
Fibre Channel port density (8/4/2/1 Gbps) 16 24 Up to 48 (through expansion modules only) No No 60
16-Gbps Fibre Channel No Yes, up to 24 ports No No No No
160-Gbps Layer 3 routing engine Native line rate L3 Native line rate L3 Native line rate L3 Native line rate L3 Native line rate L3 Native line rate L3
Fabric extender support Yes, up to 24 ( L2, L3) Yes, up to 24 ( L2, L3) Yes, up to 24 (L2, L3) Yes, up to 24 (L2, L3) Yes, up to 24 (L2, L3) Yes, up to 48 (L2), 32 (L3)
Programmable fabric with VxLAN Yes Yes Yes Yes Yes Yes

- Nexus 3000- Modelos de Ultrabaixa Latência  e de alta densidade de daos, oferecem performance ideal para HPC (high-performance computing), HFT (high-frequency trading) e MSDC ( massively scalable data-center),  ou seja, ambientes críticos (Bolsa de valores, grandes provedores, Cloud-computing, etc) utilizam eles para realizar suas transações (microsegundos);

- Possuí 15 modelos diferentes em que se diferenciam a quantidade de portas, a capacidade e algumas features.
- Nexus 2000 - Pessoal, a linha 2000 da família Nexus são switches FEX  (Fabric Extenders) ou seja, eles não são switches comuns, eles são "extensores" que devem ser utilizados em conjunto nos outros switches (7000 ,5000 e 9000) entrando como um modulo ou "remote line card" dos mesmos, possuem 10 modelos diferentes alterando apenas a quantidade de portas UTP ou SFP/SFP+.


- Nexus 1000v- A linha 1000 da família Nexus se trata da linha de switches virtuais (software-based) da Cisco, eles são utilizados nos ambientes da VMware (participou no desenvolvimento com a Cisco) e pelo Hyper-V da Microsoft.
- Possuí 2 componentes principais, o VEM (Virtual Ethernet Module - provê o dataplane do switch) e o  VSM (Virtual Supervisor Module - provê o managementplane do switch).

- Nexus 9000 - Os switches da linha 9000 foram os lançamentos mais recentes da linha Nexus, são switches  para grandes datacenters que precisam de alta performance, densidade, baixa latência e que precisam estar preparados para as novas tendências (SDN, Cloud, etc), sabendo disso, essa  linha já vem com suporte a ACI (Application Centric Infrastructure) da Cisco, porém também  suporta a grande maioria dos protocolos vistos nos switches da linha 7000 com exceção do VDC (Virtual Device Context), porém os principais protocolos utilizados hoje em dia, são suportados (FEX, vPC e VXLAN).

- Possuí diversas formas de deploy dependendo do modelo utilizado dentro do datacenter, como exemplo vou colocar a família 95000:

- Pode trabalhar como End of Row (EoR):



-Pode trabalhar como Aggregation-Layer Switch (hierarquia de switches tradicional):


- E também pode trabalhar com a arquitetura Leaf-and-Spine:


- Nexus MDS- Por último, mas não menos importante, temos as linhas MDS 9000 voltadas para SAN e storages.

Bom pessoal, espero que gostem deste primeiro post falando um pouco sobre datacenters (muita gente me pede para falar um pouco sobre o assunto), esse será o primeiro de alguns posts voltados pra essa área que cresce cada dia mais.

Abraços