terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Aprendendo a usar o GNS3

Uma das melhores ferramentas para quem está estudando para certificações (Cisco, Juniper etc), realizando algum treinamento, ou mesmo criando alguns Labs,  é o famoso Graphical Network Simulator  ou para os mais íntimos GNS3, que na verdade é um simulador open source de redes e equipamentos.

Ele é divido em:

Dinamips (emulador de IOS Cisco)
Virtual Box (emulador de sistemas operacionais  ex.família junOS)
QEU (emulador open source que emula Cisco Asa, PIX e IPS)

Mas deixando o papo de lado, vamos ao que interessa.
Realize o download do pacote completo no site e instale os programas necessários (Dynamips, Qemu/Pemu, Putty, VPCS, WinPCAP e Wireshark):



A primeira coisa a se fazer é criar um novo projeto:


Agora você vai perceber que precisa da imagem do IOS do equipamento que você vai utilizar e isso pode se tornar um pequeno problema caso você não possua uma conta com um smartnet válido para realizar os downloads no site da cisco, mas como não queremos perder muito tempo com isso, vou disponibilizar uma série de imagens para ao menos começarmos o lab (não testei todas as imagens) mas segue os links:


Agora clique no menu “Edit” e em seguida “IOS and Hypervisors”, agora selecione a imagem do IOS desejado como na imagem(usaremos o 2691 para teste):
Obs. Antes de adicionar, utilize  sempre o botão Test Settings, pois vai te economizar tempo ao montar as topologias.

Agora clique no simbolo do roteador à esquerda e verifique que o nosso router 2691 ficará disponível, adicione um roteador de um start no roteador:

Após a imagem subir você já pode começar a configurar (observe que o roteador abre pelo Putty o prompt de comando):

Agora vamos a um problema comum que ocorre no GNS3: a utilização do CPU da máquina, o GNS  necessita bastante do processador e dependendo da topologia criada, a máquina pode não aguentar dependendo da versão do IOS ou do equipamento emulado.

o GNS já vem configurado para utilizar 100% da CPU da sua workstation, sendo que nem sempre é necessário utilizar tanto, apenas para testar, abra o task manager e vá startando alguns roteadores e verificando o gráfico da cpu para comprovar:


Para resolver esse problema, sempre que iniciar algum equipamento novo, realize um novo cálculo do idlePC como na imagem:


Verifique que haverá sempre 1 ou 2 opções com o simbolo * que são as opções recomendadas pelo GNS, selecione um deles:


Agora verifique que o processamento da máquina vai cair bastante:


Bom galera, o GNS me ajudou bastante na criação dos Labs para o CCNA R&S e espero que esse "mini tutorial" ajude vocês de alguma forma :)

Download em pdf:
https://mega.co.nz/#!Kp5jXI7K!buj_fT8PyWCFex5hP1kzjT6icwyGk1P8uscippUwhoo

Ajude o Café com Redes:
Abraços

10 comentários:

  1. Assim que os uploads forem terminando vou completando as IOS

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ajudou um pouco;
      E as maquina virtual?

      Excluir
    2. Ajudou um pouco;
      E as maquina virtual?

      Excluir
  3. Ajudou um pouco.
    e as mq virutual?

    ResponderExcluir
  4. Manos, como faz pra salvar o projeto sem que perca as configurações?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara eu salvo as configurações normalmente (wr) e dps de delisgar os routers salvo no botão de salvar do GNS mesmo, nunca tive problemas com isso.

      Excluir
  5. estou tendo problemas em conectar os Switches na rede, ele da um erro dizendo que o equipamento não foi inicializado corretamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa Fabiano, cara desde que fiz esse post mudou bastante a forma emular os switches, está mais fácil baixar a VM do GNS e jogar o SW lá dentro e fazer a integração com o GNS3.

      Abraços

      Excluir